Igreja São Francisco de Assim de Arembepe




Fundada em 1902, quando Arembepe, ainda era uma pequena Vila de pescadores e mantida por donativos resultantes da produção pesqueira. A tradicional Igreja de São Francisco de Assis, padroeiro de Arembepe, local onde se encerra o cortejo das baianas e ponto de partida para abertura oficial, de uma das micaretas mais famosas da Bahia. A “Lavagem de Arembepe” está passando por mais uma intervenção.

A centenária Igreja vem passando por mais uma reforma estrutural, devido à ação do tempo. Onde foram identificadas algumas rachaduras, vazamentos entre outras chegando até ser condenada de desabamento por um órgão governamental. Essa é a terceira reforma que o templo é submetido.

A última foi realizada em 1992, quando houve a ampliação da Capela, sob a orientação do Padre Edmundo. Estão sendo modificadas, a varanda lateral, o telhado, além de toda parte elétrica e hidráulica, e tendo como acompanhamento técnico o Eng. Civil Vlademir Bordoni.

Mediante o fato, uma grande mobilização denominada “Livro de Ouro” vem sem introduzida na comunidade pela Comissão responsável que conduzem com muita seriedade a Igreja. E claro, os devotos e os católicos freqüentantes.

A colaboração e envolvimento maciço da comunidade e dos comerciantes locais, além da promoção de eventos realizados durante o ano, pela comissão, inclusive o ARRASTÃO BENEFICENTE DE SÃO JOÃO, previsto para o próximo dia 23 /06, estão sendo as únicas fontes de recursos para tal acontecimento. Uma vez, que não conta com nenhum apoio institucional, para retomar junto com a comunidade suas atividades eclesiásticas. Parabéns! A comissão responsável (As senhoras Carlinda, Lindinalva e D’ ajuda, além dos senhores Romeu, Cosme, Genivaldo, Valter e Lúcio) e ao Padre Luis Orlando por essa importante iniciativa e a comunidade como um todo!

Recorte Histórico:

1902: Primeira construção de pau-a-pique e cobertura de palha pelos pescadores;
1935: A Capela passa a ser de tijolo e telha pelo Sr. Damião Renovato Tavares (Gouveia);
1992: Ampliação da Capela sob a orientação, do padre Edmundo.
Fotos Jozinaldo

Comentários