Milagres Bahia

O turismo religioso é o forte de Milagres, a 242 km de Salvador, localizada no centro-sul baiano, na microrregião de Jequié. O município se transforma durante quatro meses, de 02 de fevereiro ao final de abril, quando vários caminhões de romeiros chegam à cidade para pagar promessas e render homenagens a Nossa Senhora dos Milagres. A romaria movimenta a economia local, atraindo um grande número de romeiros para a festa. Contam que tudo começou quando um índio que morava em uma das montanhas que cercam Milagres, despencou do alto de uma elevação e no momento do acidente chamou por Nossa Senhora. Como o índio saiu ileso da queda foi atribuído ao fato um milagre. Daí surgiu a devoção. Os fiéis também dizem ver a imagem de Nossa Senhora dos Milagres na gruta do Morro da Bandeirinha, que atrai um grande número de romeiros ao local.
Área 307,779 km²
População 14.086 hab. est. 2006
DDD (75)
Gastronomia
Os principais pratos da culinária local são a carne do sol com pirão de leite e a galinha caipira.

Manifestações Culturais
Festa do Vaqueiro

Há 18 anos, no final de abril, acontece a parte profana da romaria com a chegada de mais de mil vaqueiros da zona rural e de vários municípios vizinhos que vão saudar Nossa Senhora dos Milagres e pagar promessas. No desfile, as ruas de Milagres ficam tomadas pelos vaqueiros que devidamente trajados com suas roupas de couro chamam a atenção. A saída dos vaqueiros também é emocionante. Às cinco da manhã de domingo vários berrantes e o galope dos cavaleiros anunciam que eles estão de partida, só retornando no ano seguinte.

Festejos juninos
Apresentação de quadrilhas e bandas de forró pé-de-serra, sem faltar o São João tradicional com fogueira na porta de casa e comidas típicas no seu interior para serem servidas aos convidados.

Homenagem a São Cristovão
No dia 25 de julho as homenagens são para o padroeiro dos motoristas, na Igreja de São Cristovão, que fica no morro que tem o nome do santo. Às 17 horas uma procissão percorre as principais ruas da cidade até a BR-116.


Comentários