Carnaval de Salvador 2012

Carnaval de Salvador

O Carnaval de Salvador é a maior festa de participação popular do planeta. Criado e mantido pelo povo, trata-se de uma manifestação espontânea e livre, onde o carnal, o lúdico e o físico se misturam com a emoção e a ginga dos baianos que conseguem renovar a folia a cada ano.
O som eletrizante do trio é a deixa para que nos três circuitos – Osmar (Campo Grande), Dodô (Barra-Ondina) e Batatinha (Centro Histórico) – tenha uma verdadeira explosão de alegria. Os blocos afro, com seus tambores e o som orientalizado dos afoxés, são um contraponto para essa festa plural, por ser rica de ritmos, estilos e manifestações artísticas e, ao mesmo tempo, singular, por ser única.
O Carnaval de Salvador atrai multidões. São mais de 2 milhões de foliões baianos e turistas e cerca de 223 entidades (28 afoxés, 65 afros, 13 alternativos, 36 blocos de trio, seis percussão/sopro, três especiais, três de índios, sete infantis, 20 de percussão, 31 de samba e 11 de travestidos) cadastradas na Empresa Salvador Turismo (Saltur) que organiza a festa.
A Cidade do Carnaval ocupa uma área de 25 quilômetros de avenidas, ruas e praças de Salvador, abrigando camarotes, arquibancadas, postos de saúde, postos policiais, além de toda uma infraestrutura especial montada pelos diversos órgãos municipais, estaduais e federais. Nos seis dias, como nos remete a própria marca da festa, “O coração do mundo bate aqui”, Salvador recebe gente de todo o estado da Bahia, do país e dos quatro cantos do mundo que se unem numa mesma emoção.
Em 2012, a folia baiana faz uma homenagem ao centenário do escritor baiano Jorge Amado e começa oficialmente no dia 16 de fevereiro (quinta-feira), na Praça Municipal (Praça Thomé de Souza), onde o prefeito João Henrique entrega as chaves da cidade ao Rei Momo, rainha e princesas.

Mais.

Comentários