Buerarema Bahia


Buerarema é um município situado no sul do estado da Bahia, no Brasil. Localiza-se às margens da rodovia BR-101. Sua população estimada em 2008 era de 20 687 habitantes. Atualmente, a cidade conta com duas agências bancárias e um hospital. É abastecida pelo Rio Una, que também abastece a cidade vizinha de São José da Vitória.
A cidade já foi chamada de Macuco, devido ao grande número de macucos na região
"Buerarema" é uma palavra originária da língua tupi. Significa "madeira fedida", através da junção dos termos ybyrá (árvore, madeira) e rema (fedido)
No século XVI, na época da chegada dos primeiros exploradores portugueses à região, a mesma era habitada pelos índios das etnias tupiniquim e aimoré. Com a divisão do Brasil em capitanias hereditárias pelo governo português, a região passou a pertencer à Capitania de Ilhéus. Com o fracasso das capitanias hereditárias, passou a pertencer à Província da Baía.
Em 1910, formou-se um núcleo agrícola, recebendo a denominação de Macuco. Seu crescimento foi dificultado pela ausência de estradas. No período entre 1910 e 1930, surgiu a figura da liderança indígena tupinambá Caboclo Marcelino, que lutava pelo reconhecimento do direito à terra dos índios de sua etnia, os Tupinambá de Olivença. Em 1922, com a Via Pontal - Macuco, a área obteve desenvolvimento.
Teve seu topônimo alterado em 1943 para Buerarema. O município foi criado com território desmembrado de Itabuna, por força da Lei Estadual de 17 de setembro de 1959, com a denominação de Buerarema. A sede, formada distrito em 1920 e subprefeitura em 1930, foi elevada à categoria de cidade quando da criação do município. No início do século XXI, despontou a liderança indígena tupinambá Cacique Babau, que retomou a luta pelo direito à terra dos índios tupinambás de olivença

Fonte. wikipedia.org

Fotos. ferias.tur.br
 Mais.

 




Comentários